Notícias » Crime

Ex-funcionário de zoológico é preso por roubar e vender pinguins

Além das aves, o criminoso já havia realizado outros dois ataques noturnos no South Lake Safari, na Inglaterra. Os animais eram vendidos por mais de 60 mil reais.

Giovanna Gomes Publicado em 31/10/2020, às 13h35

Os pinguins foram vendidos por R$ 66 mil
Os pinguins foram vendidos por R$ 66 mil - Reprodução

Um ex-funcionário de um zoológico foi preso por roubar e vender pelo Facebook dois pinguins de seu antigo local de trabalho. O morador da cidade inglesa de Preston, Bradley Tomes, também levou três araras e 12 pelicanos, sendo que outros pássaros exóticos conseguiram escapar do local durante o roubo. As informações são do UOL.

Outra informação é que o criminoso já havia realizado outros dois ataques noturnos no South Lake Safari, nos meses de julho e outubro de 2018. 

Tomes vendeu os pinguins para Reece Oliver, um colecionador de animais exóticos, por nove mil libras, o que dá cerca de R$ 66 mil. Ao perceber que as aves estavam marcadas e que não possuiam documentos, Oliver pediu seu dinheiro de volta.

O ladrão foi surpreendido pela polícia ao chegar na casa do comprador para que este lhe devolvesse os animais. Bradley  foi condenado a dois anos e oito meses de prisão após ter confessado o crime.