Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Medalha

Ex-ginasta ucraniano leiloa medalha para auxiliar Ucrânia na Guerra

Slava Medvedenko ganhou a medalha nos Jogos Olímpicos de Sidney em 2000 e leiloou o prêmio por R$ 80 mil

Luisa Alves, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/07/2022, às 18h53

Ruslan Mezentsev no exercício de argolas nos Jogos Olímpicos de Sidney - Reprodução/Youtube/thelegendofNeshka
Ruslan Mezentsev no exercício de argolas nos Jogos Olímpicos de Sidney - Reprodução/Youtube/thelegendofNeshka

Um ginasta ucraniano resolveu vender sua medalha conquistada nos Jogos Olímpicos de Sidney em 2000, para contribuir com as tropas ucranianas no embate contra a Rússia. O prêmio foi leiloado por R$ 80 mil.

Ruslan Mezentsev, assim como muitos outros ucranianos, encontrou uma maneira de ajudar na defesa de seu país. A medalha de prata conquistada, há duas décadas, pelo atleta de 41 anos  com a equipe de ginástica da Ucrânia, foi o artefato vendido para auxiliar seu país na guerra.

Como relatado pelo UOL, a 'RR Auction' foi responsável pelo leilão e até mesmo o valor que seria destinado a própria plataforma foi incluso na doação para o país. 

Esforços de ucranianos

Sua atitude é semelhante a de muitos ucranianos que contribuem ou atuam na guerra. Um outro exemplo é o jogador de basquete, bicampeão da NBA, Slava Medvedenko, que alistou-se, passando a atuar na linha de defesa do seu território.

O jogador de basquete Slava Medvedenko alistou-se em defesa da Ucrânia/ Foto de Lisa Blumenfeldno no GettyImages

Jogos Olímpicos de Sidney 

Em 2000, a equipe de ginástica ucraniana, ficou por 1.613 pontos atrás da China que conquistou o ouro. Mezentsev atuou nos exercícios de solo, cavalo com alças e argolas, somando 28.725, que acrescentou aos 230.306 conquistados ao todo pela equipe.