Notícias » Estados Unidos

Ex-noivo de Gabby Petito confessou ter matado influencer, diz FBI

Uma confissão feita em um caderno foi encontrada com o corpo de Brian Laundrie em outubro de 2021

Paola Orlovas, sob supervisão de Wallacy Ferrari Publicado em 22/01/2022, às 10h16

Fotografia de Gabby Petito e Brian Laundrie
Fotografia de Gabby Petito e Brian Laundrie - Divulgação / Instagram / @gabspetito

Brian Laundrie, ex-noivo de Gabby Petito, escreveu depoimento onde assumiu a responsabilidade pela morte da influencer em seu caderno pessoal. O objeto foi encontrado pelo FBI ao lado de uma mochila, próximo aos seus restos mortais, no dia 20 de outubro de 2021.

A família de Gabby Petito se reuniu com agentes do FBI, e, segundo o portal de notícias G1, os casos de desaparecimento e morte da influencer de 22 anos podem ser encerrados em breve. 

O advogado da família de Laundrie, Steven Bertolino, falou sobre a revelação que foi feita pela agência americana na última quinta-feira, 20 e a visão dos familiares de Brian por meio de um comunicado:

Só podemos esperar que, com o encerramento do caso de hoje, cada família possa começar a se curar e seguir em frente e encontrar paz nas memórias de seus filhos", afirmou Bertolino.

Relembre o caso

Em agosto de 2021, a influenciadora e seu noivo estavam viajando através do território estadunidense em sua van, viagem que era documentada no Instagram da jovem. Contudo, em certo momento da viagem, Petito deixou de responder mensagens de texto ou atender ligações da família e dos amigos, causando preocupação. 

Laundrie voltou da excursão no dia primeiro de setembro, porém estava sozinho. Ele também se recusou a conversar com os policiais a respeito do caso, fazendo com que se tornasse uma "pessoa de interesse" da investigação. O corpo da garota foi encontrado em uma floresta em Wyoming, no dia 19 de setembro, apontando morte por estrangulamento.