Notícias » Segunda Guerra

Expedição revela naufrágio da Segunda Guerra na costa das Filipinas

Com 115 metros de comprimento, o USS Johnston foi afundado em meados de 1944, mas ainda está em ótimas condições

Pamela Malva Publicado em 05/04/2021, às 10h00 - Atualizado às 10h15

Parte do navio da Segunda Guerra
Parte do navio da Segunda Guerra - Divulgação/Caladan Oceanic

No dia 25 de outubro de 1944, durante a chamada Batalha do Golfo de Leyte, um grande navio da Marinha dos Estados Unidos foi afundado pelas frotas japonesas. Agora, 75 anos mais tarde, o naufrágio da Segunda Guerra Mundial foi encontrado na costa das Filipinas pela empresa norte-americana Caladan Oceanic, segundo a Folha.

Realizada no final de março, a expedição contou com dois mergulhos de oito horas cada, a fim de chegar a 6.500 metros de profundidade. “Acabamos de dar o mergulho mais profundo da história para encontrar os restos do contratorpedeiro USS Johnston”, narrou Victor Vescovo, fundador da empresa responsável pelo achado.

Com ajuda de um submarino de ponta, então, eles conseguiram iedentificar, fotografar e filmar diversas partes do navio naufragado. Localizado em frente à ilha de Samar, o barco de 115 metros ainda estava bastante conservado, o que impressionou as equipes.

Imagem da proa do navio / Crédito: Divulgação/Caladan Oceanic

 

“Localizamos 2/3 da parte dianteira do navio, de pé e intactos”, explicou Victor. Nesse sentido, os especialistas conseguiram identificar a proa, a ponte e a seção central da embarcação, todas intactas — isso tudo sem contar mais duas torres, alguns pontos de reserva de torpedos e diversos suportes de canhão um pouco mais danificado.

Segundo os arquivos da Marinha dos Estados Unidos, um total de 141 dos 327 tripulantes do USS Johnston sobreviveram ao naufrágio. “Nós examinamos o navio e prestamos homenagem à sua valente tripulação”, finalizou Vescovo.

Sobre a Segunda Guerra 

Ocorrido entre 1939 e 1945, o segundo conflito militar se dividia entre Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e Aliados (França, Inglaterra, EUA e URSS). Com batalhas sangrentas deixando de 70 a 85 milhões de mortos, a Segunda Guerra ficou marcada pelos horrores da Alemanha Nazista e dos campos de concentração, organizados pelo partido de Hitler.

Nomes como o de Winston Churchill, Franklin D. Roosevelt e Josef Stalin foram de grande importância para combater os regimes fascistas de Hitler e Benito Mussolini. Um dos capítulos mais sombrios e notórios do século 20 deixou marcas na humanidade que, até hoje, não foram totalmente resolvidas.