Notícias » Entretenimento

Fábio Porchat rebate críticas a personagem pedófilo em filme: 'Às vezes é duro de assistir'

O ator é alvo de conservadores pela participação no filme "Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola”, de Danilo Gentili

Redação Publicado em 15/03/2022, às 13h41

Porchat como 'Cristiano' no filme "Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola”
Porchat como 'Cristiano' no filme "Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola” - Divulgação / Netflix

O ator e comediante Fábio Porchatrepudiou as declarações de conservadores e políticos bolsonaristas contra o filme "Como se tornar o pior aluno da escola", lançado nos cinemas em 2017 sob a direção e roteiro adaptado de livro do humorista Danilo Gentili.

Atualmente, o filme reascendeu midiaticamente, ganhando uma repercussão negativa pelo personagem Cristiano, interpretado por Porchat, que faz alusão a um vilão pedófilo, desagradando espectadores conservadores, que consideram apologia.

Em resposta, o intérprete do polêmico personagem enviou uma carta ao jornal O Globo deixando claro que as pessoas não devem misturar ficção com realidade e, principalmente, compreenderem que trata-se de um antagonista, construído para causar aversão a quem assiste.

Quando o vilão faz coisas horríveis no filme, isso não é apologia ou incentivo àquilo que ele pratica, isso é o mundo perverso daquele personagem sendo revelado. Às vezes é duro de assistir, verdade”.

O membro do grupo de humor Porta dos Fundos ainda aproveitou a ocasião para fazer comparações com grandes personagens do imaginário popular, deixando claro que não concorda com os mesmos pensamentos do personagem que caracterizou.

“OMarlon Brando interpretou o papel de um mafioso italiano que mandava assassinar pessoas. A Renata Sorrah roubou uma criança da maternidade e empurrava pessoas da escada. A Regiane Alves maltratava idosos. Mas era tudo mentira, tá gente? Essas pessoas na vida real não são assim!”, conclui.