Notícias » Brasil

Falas do governo sobre o AI-5 deixam os investidores inseguros, garante Henrique Meirelles

Secretário da Fazenda de São Paulo afirma que “ainda não há confiança suficiente” por parte dos investidores e atribui isso aos ruídos e incertezas que permeiam o país

Fabio Previdelli Publicado em 02/12/2019, às 11h15

Secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles
Secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles - Getty Images

Em entrevista concedida para o UOL nesta segunda-feira, dia 02, o Secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou que as declarações do atual governo sobre o AI-5, deixam os investidores inseguros e inibem potenciais investimentos no Brasil.

Meirelles afirma que “ainda não há confiança suficiente” por parte deles e atribui isso à "questões que estão muito relacionadas a expectativas, a nível de confiança na economia, por razões diversas, ruídos, problemas, incertezas diversas, muito barulho, digamos assim".

“Muitos investidores me dizem que ficaram preocupados com isso [Declarações do governo sobre a AI-5]. ‘Quer dizer que o Brasil está tendo problemas e pode ter que recorrer a medidas extraordinárias? O Brasil pode ter uma crise bem maior do que o Chile teve? O que está acontecendo pode justificar uma situação dessa?”, disse o secretário que, apesar da fala, elogia as propostas do ministro da Economia.

O ex-presidente do Banco Central no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, Henrique Meirelles assumiu neste ano o cargo de Secretaria da Fazenda e Planejamento do estado a convite do governador João Dória.

Em sua opinião, o tucano está no caminho certo para galgar uma candidatura a presidente em 2022. “Ele está trabalhando nesse sentido e acho que está se posicionando bem. Está fazendo uma boa administração em São Paulo e levando à população uma mensagem de que esse é o momento de gestão, e não de eleição. Eleição só em 2022”.