Notícias » Brasil

Família procura por cartas escondidas em disco dos Beatles que foi vendido

As cartas foram escritas por um homem que acabou morrendo de Covid-19; a destinatária é a filha da vítima, que deveria recebê-las em seu aniversário

Giovanna Gomes, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 19/06/2021, às 12h37

Karlo Schneider e sua família
Karlo Schneider e sua família - Divulgação/Instagram/@Ulla Saraiva

No mês de março deste ano, um morador de Caicó, no Rio Grande do Norte, chamado Karlo Schneider, morreu de covid-19, deixando cartas para sua filha mais velha, Bárbara. Os escritos foram escondidos por ele mesmo dentro do encarte de um dos exemplares de sua enorme coleção de LPs dos Beatles.

Porém, conforme informou o UOL, a família não sabe onde se encontram as cartas, uma vez que os discos foram vendidos.

A ideia de escrever cartas para o aniversário de 15 anos de Bárbara surgiu ainda quando Schneider descobriu que seria pai. Na época, ele também pediu que outras pessoas escrevessem para a filha, de modo que, quando chegasse o grande dia, uma emocionante 'caça ao tesouro' seria realizada. 

Durante a pandemia, no entanto, Schneider decidiu vender parte de sua coleção em razão de dificuldades financeiras, mas, muito provavelmente, não se atentou para o fato de que os escritos estavam entre eles. Alguns meses depois, ele acabou falecendo.

A família iniciou então uma grande missão: tentar encontrar as cartas antes do aniversário de 15 anos de Bárbara, compartilhando a história em suas redes sociais. Canais do Youtube como o "The Beatles School" ajudaram a divulgar o caso, assim como paginas do Twitter, como é o caso da podcaster Ulla Saraiva.

Infelizmente, até agora não se sabe do paradeiro do presente e não há muitas pistas a seguir, o que torna a missão extremamente complicada.