Notícias » Holanda

Família real holandesa se desculpa por quebrar regras de covid-19

A realeza da Holanda violou as orientações de saúde ao dar uma festa de aniversário à princesa Amalia, futura rainha

Isabela Barreiros Publicado em 16/12/2021, às 09h42

Princesa Amalia e o pai, rei Willem-Alexander
Princesa Amalia e o pai, rei Willem-Alexander - Getty Images

A família real holandesa pediu desculpas por ter rompido os protocolos de saúde do país que visam impedir a propagação da covid-19 ao organizar uma festa de aniversário para a princesa Amalia, futura rainha.

Em comemoração ao 18º aniversário da princesa, a realeza holandesa convidou 21 pessoas para a celebração, em violação às orientações nacionais que permitem visitas de apenas quatro pessoas com mais de 13 anos em suas casas.

O evento foi realizado no último sábado, 11, em um parque próximo a um palácio real. Os convidados foram submetidos a testes de covid-19 e anteriormente vacinados, além de seguirem o distanciamento social durante a festa.

Devido à polêmica instaurada após a quebra de protocolos por parte da família real, o primeiro-ministro holandês Mark Rutte escreveu uma carta ao parlamento na última quarta-feira, 15, discorrendo sobre a questão.

“A família se esforçou para tratar as regras do coronavírus de forma responsável com esta reunião ao ar livre e tomando precauções [como testes e distanciamento]”, destacou.

O rei me informou que, pensando bem, não era uma boa ideia organizar [a reunião]”, acrescentou.

Na carta, Rutte não especificou quantas pessoas compareceram à festa de aniversário. O número de convidados foi citado pelo governo a partir da quantidade de convites enviadas para a comemoração.