Notícias » Civilizações

Arqueólogos descobrem fast-food de 2.000 anos em Pompeia

Novas escavações revelaram um local que oferecia comida pronta para consumo

Thiago Lincolins Publicado em 01/04/2019, às 16h34

None
EFE

As descobertas em Pompeia, antiga cidade da Itália devastada pela erupção do Vesúvio, não param nunca. Desta vez, arqueólogos descobriram uma espécie de balcão de fast-food em uma área apelida de “Região V”.

O balcão foi encontrado em um termopólio, pequeno local utilizado pelos moradores mais pobres, que muitas vezes não tinham utensílios de cozinha em casa, para fazer refeições ou beber. Assim, os alimentos eram vendidos prontos para consumo. O cardápio oferecia: pão com peixe, queijo ou lentilha, e vinho.

O termopólio encontrado em Pompeia / Reprodução: Massimo Osanna, via Instagram

O termopólio encontrado nas escavações recentes é datado de 2.000 anos e foi decorado com afrescos. A descoberta foi divulgada por Massimo Osanna, diretor geral do sítio arqueológico. 

Em 79 d.C., Pompeia foi atingida pela erupção do Vesúvio. Não se sabe exatamente quantas pessoas morreram. Entretanto, a recuperação de corpos indicaria um número entre 2 mil a 4 mil vítimas. De toda forma, a cidade jamais se recuperou da catástrofe.