Notícias » Arqueologia

Fazendeiro descobre rara pedra rúnica da Era Viking na Suécia

Datado do século 11, o monumento de 2 metros de altura possui uma inscrição de um animal mordendo o próprio rabo

Isabela Barreiros Publicado em 21/09/2020, às 16h11

A pedra rúnica encontrada em Västervik, Suécia
A pedra rúnica encontrada em Västervik, Suécia - Divulgação/Museu Västervik

Enquanto arava um terreno na cidade de Västervik, na Suécia, o fazendeiro Lennart Larsson percebeu que seu trator encontrou algo sólido em baixo da terra. Ele havia encontrado o que o especialista em runas Magnus Källström do Conselho do Patrimônio Nacional da Suécia considerou a descoberta do ano.

Larsson foi responsável por descobrir uma pedra de 2 metros de comprimento e 1 metro de largura que remonta ao período Viking da região, datando da primeira metade do século 11. O monumento continha inúmeras inscrições, o que fez com que os pesquisadores o considerassem como uma pedra rúnica.

Crédito: Divulgação/Museu Västervik 

 

Uma das representações mais impressionantes é a de um animal mordendo o próprio rabo, que pode estar ilustrando a famosa serpente nórdica de Midgard. Além disso, Källström também identificou que a descoberta apresentava a gravura de uma cruz, indicando que ela foi uma homenagem a um morto. 

Segundo o especialista em runas, a peça encontrada é praticamente única. Pedras nesse excelente estado de conservação são descobertas raras e fazia um longo tempo que arqueólogos não encontravam monumentos do tipo.