Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / China

Fez 132 vítimas: Boeing que caiu na China teve queda intencional

Dados da caixa preta da aeronave revelam detalhes do misterioso acidente

Fabio Previdelli Publicado em 17/05/2022, às 17h31

Queda de aeronave em frames - Divulgação / YouTube / CBS
Queda de aeronave em frames - Divulgação / YouTube / CBS

Em 21 de março, a queda de um Boeing 737-800 caiu perto da cidade de Wuzhou, na região de Guangxi, no sul da China, vitimando todas as 132 pessoas que estavam a bordo do voo

Segundo repercutido pela equipe do site do Aventuras na História na época, uma câmera de segurança registrou o momento em que a aeronave da Eastern Airlines fez uma descida vertical poucos minutos antes de se chocar contra uma montanha. 

Quase dois meses após a tragédia, dados do voo constatam um fato assustador: uma avaliação preliminar de autoridades dos Estados Unidos aponta que alguém no cockpit derrubou intencionalmente a aeronave. 

O que diz a caixa preta? 

Mais detalhes do acidente foram noticiados pelo The Wall Street Journal com base nos arquivos obtidos através da análise feita na caixa preta do jato. Fontes disseram que entradas nos controles empurraram o avião para o mergulho fatal, ou seja, que alguém na cabine de pilotagem inseriu dados que fizeram que o avião mergulhasse no solo. 

O avião fez o que foi mandado por alguém na cabine", disse um dos responsáveis por analisar a caixa preta do voo. 

Com os resultados da recente apuração, as investigações agora irão mudar o foco para os pilotos do voo, para saber se um deles foi o responsável pela tragédia ou alguém pode ter invadido o cockpit e causado a queda do Boeing.