Notícias » Brasil

'Ficaria muito feliz se fosse chamada de mãe': Jessica Alves sonha com transplante de útero

Após passar por uma cirurgia de redesignação sexual no começo do ano, a mulher agora deseja dar à luz os próprios herdeiros

Pamela Malva Publicado em 28/07/2021, às 13h00

Fotografia de Jessica Alves
Fotografia de Jessica Alves - Divulgação/ Instagram/ @jessicaalvesuk

Em fevereiro deste ano, a influenciadora Jessica Alves, de 37 anos, passou pela complexa cirurgia de redesignação sexual. Agora, ela afirma que deseja ser a primeira mulher transsexual a realizar um transplante de útero pare se tornar mãe, segundo o UOL.

Em entrevista à Closer, Jessica deixou claro que quer ter seus próprios filhos antes de completar 40 anos. "Mesmo custando um milhão de libras para ter um [útero], eu encontraria uma maneira de fazer isso”, narrou.

Eu adoraria um bebê que tivesse meus próprios genes e sangue, e eu tenho meu esperma congelado para poder usá-lo para fertilização in vitro", explicou a influenciadora.

Acontece que, de acordo com o Daily Mail, um procedimento de transplante de útero custa cerca de 50 mil euros no Reino Unido, onde a influenciadora mora. Na cotação atual, por exemplo, o valor seria de aproximadamente 300 mil reais.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jessica Alves (@jessicaalvesuk)

 

“Tudo que eu queria era ser mulher. E fazer a cirurgia de mudança de sexo foi o dia mais feliz da minha vida", narrou Jessica. "Mas ter um útero seria ainda melhor — eu me sentiria completa se pudesse dar à luz. Eu adoraria ter uma ninhada de filhos. Eu ficaria muito feliz se fosse chamada de 'mamãe'.”

A minuciosa cirurgia de transplante de útero foi desenvolvida como solução para mulheres cisgênero que nasceram sem o órgão ou tiveram que removê-lo em algum momento da vida. O procedimento, contudo, ainda não foi feito em uma mulher trans, ainda que diversas pesquisas já considerem a viabilidade e a eficiência do transplante.