Notícias » Estados Unidos

Filha de Bill Gates é vacinada contra covid-19 e ironiza manifestantes antivacinas

Jennifer é a herdeira mais velha do bilionário, com 24 anos de idade

Wallacy Ferrari Publicado em 16/02/2021, às 09h47

Jennifer mostra bottom adesivo de vacinação
Jennifer mostra bottom adesivo de vacinação - Divulgação / Instagram / jenniferkgates

Em publicação realizada na última quinta-feira, 11, Jennifer K. Gates, filha do fundados da Microsoft, Bill Gates, publicou em seu perfil do Instagram que já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19.

A jovem de 24 anos é estudante de medicina e já está em fase de experiência, frequentando clínicas médicas para auxiliar profissionais da saúde na reta final de sua graduação.

Na postagem, a jovem mostra um adesivo recebido após a aplicação do imunizante, segurando a seringa usada entre os dedos.

Jennifer também agradeceu aos profissionais da ciência pela possibilidade de reforçar a segurança de sua futura profissão e enalteceu o uso da máscara: “Ainda estarei usando minha máscara (ou duas!) depois de receber minha segunda dose”, escreveu.

Na legenda, a herdeira do bilionário da computação aproveitou para ironizar manifestantes antivacinas que apontam reações negativas ao uso de imunizantes: “Infelizmente, a vacina NÃO implantou o gênio do meu pai em meu cérebro – se ao menos o RNAm tivesse esse poder…!”.

O pai da jovem anunciou, no dia 22 de janeiro, que recebeu a vacina nos EUA e também aproveitou para brincar sobre: "Um dos benefícios de ter 65 anos é que sou elegível para a vacina [contra a] covid-19".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jennifer Gates (@jenniferkgates)

 

Empresário e um dos fundadores da Microsoft, Bill Gates usou seu Twitter para anunciar que tomou a vacina contra o novo coronavírus em 23 de janeiro. Bill ainda aproveitou o momento para brincar com o fato de pertencer a um dos grupos prioritários para a vacinação.  

"Um dos benefícios de ter 65 anos é que sou elegível para a vacina [contra a] covid-19", disse em seu perfil da rede social. "Tomei minha primeira dose esta semana e me sinto ótimo", declarou o magnata e filantropo. 

Entusiasta da ciência e da tecnologia, Gates ainda agradeceu os “cientistas, voluntários em testes, reguladores e profissionais da saúde na linha de frente [do combate ao novo coronavírus]" por todos os esforços que “nos levaram a esse ponto [de já termos vacinas sendo produzidas em diversos países]”. 

No início de dezembro de 2020, o empresário e sua esposa, Melinda Gates, doaram 250 milhões de dólares para combater a pandemia, principalmente em países mais pobres da África Subsaariana e da Ásia Meridional.  

Leia a matéria completa aqui.