Notícias » Brasil

Filha de Renné Senna, assassinado em 2007, deverá receber metade de herança avaliada em R$ 87 milhões

Senna foi morto pela esposa Adriana há 14 anos

Redação Publicado em 16/11/2021, às 10h25

Renné Senna e sua esposa, Adriana Almeida
Renné Senna e sua esposa, Adriana Almeida - Divulgação / TV Globo

Renata Senna, filha do ex-lavrador e ganhador da Mega-SenaRenné Senna, deverá receber metade da fortuna do pai, assassinado no ano de 2007 pela companheira Adriana Ferreira de Almeida. Hoje o patrimônio é avaliado em R$ 87,2 milhões de reais.

A decisão da Justiça se deu no mês de outubro e a herdeira poderá receber a fortuna no valor de R$ 43,6 milhões assim que impostos sobre a movimentação do dinheiro forem recolhidos.

Conforme informações do G1, a outra metade da herança deverá seguir em disputa judicial por nove irmãos de Renné e a viúva.

Adriana foi condenada a 20 anos de prisão pelo assassinato do marido, mas segue na tentativa de ser reconhecida como herdeira de Senna. Ela chegou a ter um recurso negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas ainda pode recorrer.

Segundo a fonte, o STJ considerou que a mulher não tinha direito à fortuna por ter manipulado o marido, sendo que já teria arquitetado um plano para matá-lo.