Notícias » Nazismo

Filha de arquiteto do nazismo ganha prêmio de ONG judaica

Filha de Albert Speer, Hilde Schramm (82) foi reconhecida por sua luta pelos direitos das mulheres judias alemãs

Letícia Yazbek Publicado em 22/01/2019, às 14h52 - Atualizado às 16h12

A premiada Hilde Schramm
A premiada Hilde Schramm - Imago/ R. Zöllner

Hilde Schramm, de 82 anos, filha do arquiteto e ministro do Armamento do Terceiro Reich Albert Speer, ganhou o prêmio Obermayer German Jewish History Award (Prêmio de História Judaico-Alemã). Oferecido pela Fundação Obermayer, formada por filantropos americanos judeus, o prêmio foi criado para reconhecer os esforços de alemães não judeus para manter viva a cultura judaica.

Schramm, que vive em Berlim, era membro do Partido Verde da cidade. Depois de herdar três pinturas valiosas que pertenciam a seu pai, ela decidiu que não queria ficar com nenhuma delas. Então, em 1994, elaborou um plano para vender as obras e levantar fundos para um projeto, a Fundação Zurückgeben.

O objetivo era utilizar o dinheiro para apoiar mulheres judias que vivem na Alemanha e que são criativamente ativas na erudição e nas artes. De acordo com a fundação, a organização faz isso “em reconhecimento à destruição intencional dos meios de subsistência do povo judeu durante a era nacional-socialista”.

O nome da fundação, Zurückgeben, pode ser traduzido como “devolver” ou “restituir”. Segundo Hilde, a palavra foi escolhida para enfatizar o objetivo da organização e aumentar o debate sobre o roubo arte judaica em uma época em que pouco se falava a respeito do assunto.

O portal da Fundação Obermayer explica que a organização “oferece prêmios anuais a cinco alemães não-judeus que fizeram contribuições extraordinárias para preservar a história, a cultura, os cemitérios e as sinagogas judaicas em suas próprias comunidades locais. Os prêmios são co-patrocinados pelo Parlamento de Berlim e dados em sua elegante câmara plenária”.