Notícias » Personagem

Filho do escritor Paul Auster é acusado pela morte da filha de 10 meses

A bebê foi vítima de uma overdose em novembro do ano passado; entenda

Redação Publicado em 19/04/2022, às 14h33 - Atualizado às 14h48

Daniel Auster
Daniel Auster - Divulgação / Redes Sociais

Daniel Auster foi acusado de homicídio culposo, no último domingo, 17, pela justiça de Nova York, nos Estados Unidos. A vítima é a própria filha, uma bebê de dez meses que acabou morrendo em casa, no bairro de Park Slope.

O caso ganhou ainda mais notoriedade, já que Daniel é filho do famoso do autor estadunidense, Paul Auster, responsável por escrever best-sellers como: 'Palácio da Lua' (1989) e 'Noite do Oráculo' (2003).

O homem foi preso na última sexta-feira,15, meses após o crime. Conforme informou o New York Post, os peritos concluíram a partir de análises, que a criança faleceu em razão de uma overdose por fentanil e heroína.

Morte da bebê

De acordo com a ISTOÉ, Daniel cuidava de sua filha Ruby na tarde de 1º de novembro do ano passado, quando os paramédicos foram chamados. A bebê estava inconsciente e foi levada às pressas para o hospital. Infelizmente, a criança não resistiu e foi declarada morta.

O caso foi considerado homicídio. Agora, as autoridades buscam descobrir de que maneira a bebê foi submetida aos entorpecentes, se aconteceu de forma acidental ou induzida.