Notícias » Vaticano

"Fiquei surpreso", declara papa Francisco sobre violência no Capitólio

Em entrevista ao canal italiano Mediaset, o papa lamentou o fato e ainda afirmou que esse tipo de atitude "deve ser condenada"

Giovanna Gomes Publicado em 09/01/2021, às 14h00

Papa Francisco
Papa Francisco - Wikimedia Commons

Na manhã deste sábado, o papa Francisco realizou uma declaração acerca da invasão do Capitólio — episódio ocorrido na última quarta-feira, 6, que deixou cinco mortos. Em entrevista ao canal italiano Midiaset, o pontífice afirmou ter ficado "surpreso" pelo fato dos Estados Unidos terem sido palco de tamanha confusão, segundo o UOL.

"Eu fiquei surpreso... um povo assim disciplinado, a democracia.. não? Mas, é uma realidade e também na realidade mais madura sempre há alguma coisa que não vai certo, com gente que segue o caminho contra a comunidade, contra a democracia, contra o bem comum", disse o papa ao repórter Fabio Marchese Ragona.

Ele também afirmou que "graças a Deus, conseguiram parar" a invasão e que esse tipo de ação deve ser condenada. "Sim, isso deve ser condenado [...] A violência é sempre assim, não? Nenhum povo no mundo pode tirar vantagem e dizer que não tem um dia sem violência", acrescentou.

"Acontece na história, mas devemos sempre aprender para não repetir, aprender com a história." Por fim, Francisco ainda declarou: "Precisamos aprender que esses grupos para-regulares, que não estão bem inseridos na sociedade, mais cedo ou mais tarde cometerão esses atos de violência".