Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Andy Fetcher

'Fletch': Fundador do Depeche Mode, morre aos 60 anos

Banda anunciou a morte do tecladista e fundador da banda, nessa quinta-feira, 26

Luisa Alves, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/05/2022, às 18h34

Andrew Fletcher - Reprodução/Vídeo/Youtube/SEZEN
Andrew Fletcher - Reprodução/Vídeo/Youtube/SEZEN

Andrew Fletcher, tecladista da Depeche Mode, morre aos 60 anos. A causa de sua morte ainda não foi divulgada. A notícia foi anunciada pela banda nessa quinta-feira, 26.

Fundador e tecladista da banda Despeche Mode, Andrew Fletcher, vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo e emplacou 54 sucessos no Reino Unido com o grupo. As informações são do site Variety.

Conhecido como Andy Fetcher ou Fletch, ele participou de quadro décadas de carreira da Depeche Mode. 

A banda anunciou a morte do integrante em seu perfil nas redes sociais: "Estamos chocados e cheios de tristeza com a morte prematura de nosso querido amigo, membro da família e colega de banda Andy 'Fletch' Fletcher.”

Fletcher tinha um verdadeiro coração de ouro e estava sempre lá quando você precisava de apoio, uma conversa animada, uma boa risada ou uma cerveja gelada.”, escreveram. 

"Nossos corações estão com a família. Pedimos que vocês o mantenham em seus pensamentos e respeitem sua privacidade neste momento difícil", completaram sem anunciar a causa da morte.

Andrew Fletcher formou a banda em Basildon, na Inglaterra, com os músicos Martin Gore e Vince Clarke durante a década de 1970.

Despeche Mode

A banda de rock eletrônico, emplacou sucessos como, ‘New Life’ e ‘Just Can't Get Enough’, ‘Enjoy The Silence’ e ‘I Feel You’, no final dos anos 80 e nos anos 90. Todos os seus 14 álbuns de estúdio entraram no Top 10 do Reino Unido.

Estiveram no Brasil em 1994, mas sem Fletch, que alegou "instabilidade mental" e se afastou por alguns meses da banda. O vocalista David Gahan enfrentava problemas de vício em drogas e Alan Wilder deixou o grupo. 

Agora, constituindo um trio, eles voltaram em 2018, para fazer um show em São Paulo, 24 anos depois.