Notícias » Vaticano

"Fofocar é uma praga pior que a Covid-19" afirma Papa Francisco durante discurso

De acordo com o pontífice, a fofoca pode ser usada para dividir a Igreja Católica Romana e deve ser evitada

Penélope Coelho Publicado em 07/09/2020, às 15h35

Fotografia do Papa Francisco
Fotografia do Papa Francisco - Getty images

No último domingo, 6, durante o discurso que o Papa Francisco realiza semanalmente em uma janela para a Praça de São Pedro, no Vaticano, o líder católico fez um apelo para os fiéis quando pediu para que as pessoas evitem a fofoca, o Santo Padre afirmou que o ato é pior do que a pandemia do novo coronavírus. As informações são do portal de notícias G1.

"Por favor, irmãos e irmãs, vamos fazer um esforço para não fofocar. Fofocar é uma praga pior que a Covid-19”, afirmou o Papa, que continuou dizendo que a atitude de fofocar pode dividir a igreja católica: “O diabo é a grande fofoca. Ele sempre está dizendo coisas ruins dos outros porque ele é o mentiroso que quer dividir a Igreja".

Essa não é a primeira vez que o pontífice recrimina a fofoca, anteriormente, o papa já havia comentado sobre o assunto, falando também sobre pessoas que provocam discórdia nas redes sociais. "Se algo dá errado, ofereça seu silêncio e suas orações ao irmão ou à irmã que cometeu um erro, mas nunca fofoque", finalizou Francisco no último domingo.

Sabe-se que no último sábado, 5, ocorreu o anúncio de que o Papa de 83 anos, irá sair do Vaticano pela primeira vez desde fevereiro, o homem permanece isolado em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Em outubro, o santo padre irá visitar Assis, na Itália, para assinar uma carta encíclica, ou seja, um documento pontifício.