Notícias » Coreia do Norte

"Fortalecer a união e a cooperação": Kim Jong-un manda mensagem ao governo da China

Após o Secretário Geral do Partido Comunista da China ter enviado recado ao líder supremo coreano, a principal pauta foi a esperança na solidariedade entre os países asiáticos

Alana Sousa Publicado em 24/03/2021, às 12h15

Kim Jong-un, líder norte-coreano
Kim Jong-un, líder norte-coreano - Wikimedia Commons

Após Xi Jinping, Secretário Geral do Partido Comunista da China, ter enviado uma mensagem diretamente ao líder supremo da Coreia do Norte, foi a vez de Kim Jong-un responder em comunicado público. As informações foram publicadas pelo portal KCNA Watch.

O político chinês havia declarado que por conta da pandemia do coronavírus, seu país passou por mudanças profundas, e alegou: “China está disposta a trabalhar com a Coreia do Norte e as partes relevantes para encontrar uma solução política para o problema da península coreana”.

Conforme repercutido pelo site Sputinik Brasil, o governante sul-coreano enfatizou a “necessidade de fortalecer a união e a cooperação”. Além de mencionar o dever em “fazer frente aos desafios gerais e às forças hostis”, referenciando Pequim e Pyonyang.

“Como exigido pelos tempos e de acordo com os desejos e interesses fundamentais”, Kim Jong-un disse ter esperança em uma forte cooperação entre a China e a Coreia do Norte.