Notícias » Mundo

Fósseis de 35 milhões de anos sugerem que a Turquia já foi coberta pelo mar

Encontrados na província de Muş, os restos de animais marinhos apoiam a teoria de que o país vivia completamente submerso

Pamela Malva Publicado em 18/08/2021, às 15h00

Fotografia dos fósseis encontrados na Turquia
Fotografia dos fósseis encontrados na Turquia - Divulgação/ Iskender Dölek/ IHA Photo

No último sábado, 14, enquanto exploravam a província de Muş, na Turquia, arqueólogos fizeram uma descoberta impressionante. Segundo o Olhar Digital, foram encontrados fósseis de criaturas marinhas com cerca de 35 milhões de anos.

Considerado um verdadeiro tesouro do passado, os achados trouxeram restos mortais de animais invertebrados, conforme narrou o geomorfologista Iskender Dölek. Professor do Centro de Pesquisa e Aplicação de Gerenciamento de Desastres da Universidade Muş Alparslan, foi o especialista quem liderou as escavações no sítio arqueológico.

De acordo com o pesquisador, sua equipe esperava identificar restos de moluscos, mas acabaram surpreendidos por fósseis de gastrópodes, ouriços-do-mar e outros animais que ainda precisam ser estudados com maior profundidade — as análises, inclusive, devem identificar a idade, espécie e gênero de alguns dos indivíduos encontrados.

Para Dölek, contudo, a parte mais inusitada da descoberta é a teoria erguida com base no local onde os fósseis foram identificados — cuja altitude chega aos 1,6 mil metros. De acordo com os estudiosos, a existência de animais marinhos nesta região indicaria que, em algum momento da história, a Turquia já foi dominada pela água.

Nesse sentido, ainda segundo o Olhar Digital, outras descobertas feitas na região corroboram para a hipótese de que o país já esteve debaixo d’água alguns milhões de anos atrás. Agora, então, resta compreender como e por qual motivo os moluscos donos dos fósseis encontrados pelos arqueólogos foram parar no local.