Notícias » Mundo

Fóssil de ictiossauro grávida é descoberto no Chile

Descoberta será alvo de diversos estudos sobre a espécie

Redação Publicado em 13/05/2022, às 11h51 - Atualizado em 14/05/2022, às 00h03

Fóssil de dinossauro grávida
Fóssil de dinossauro grávida - Divulgação/GAIA Antarctic Research Center U

Paleontólogos chilenos anunciaram nesta quarta-feira, 11, a descoberta de um dos fósseis de ictiossauro mais completos já encontrados na Patagônia chilena. Um detalhe que chamou a atenção foi o fato de que animal extinto estava com um embrião intacto.

O fóssil foi nomeado Fiona. A descoberta, que tem 4 metros de comprimento, ajudará os cientistas a estudarem o desenvolvimento embrionário da espécie ictiossauro, que vagava pelos oceanos entre 90 e 250 milhões de anos atrás, conforme apurado pelo portal Extra.

O fóssil foi descoberto há mais de uma década, mas as condições do local tornaram o processo de extração trabalhoso. Os paleontólogos passaram 31 dias escavando os fósseis entre março e abril, antes de serem removidos do local por um helicóptero.

Relato de um especialista

“É o único exemplar de ictiossauro grávida já encontrado no planeta, de um período entre 129 e 139 milhões de anos. É incrivelmente importante”, falou a paleontóloga Judith Pardo, da Universidade de Magallanes.

Agora, o fóssil irá para o Museu de História Natural de Rio Seco, no sul do Chile.