Notícias Religião

Encontrado: crucifixo com pedaço da “Real Cruz de Jesus”

Peça também é o mais antigo crucifixo dourado conhecido, e foi criado no século 12

quinta 22 novembro, 2018
Uma improvável relíquia
Uma improvável relíquia Foto:Regnews

Desde o crescimento do cristianismo, a partir do século 2, começou a busca por objetos que tenham feito parte da vida, da morte e da ressurreição de Jesus. Agora, arqueólogos liderados por Konstantin Totev, do Museu Arqueológico Nacional da Bulgária, encontraram no país, um relicário feito em ouro do século 12, contendo fragmentos da própria cruz na qual Jesus Cristo teria sido executado. 

A descoberta foi realizada numa Igreja Medieval encontrada recentemente na cidade de Veliko Tarnovo, na Bulgária. De acordo com os arqueólogos, é o primeiro objeto feito em ouro já avistado no local. Os pesquisadores ainda se depararam com a existência de afrescos bem preservados.

Notícias Relacionadas

De acordo com o estudo, a peça encontrada trata-se de um encólpio, pequeno relicário, utilizado para guardar relíquias na parte de dentro. Os arqueólogos envolvidos na descoberta acreditam que a relíquia, que traz uma imagem da crucificação, preserva um pedaço de madeira da “autêntica cruz de Jesus”. Ou como se dizia na época, a Vera Cruz. 

A relíquia Reprodução/Konstantin Totev

“É um encólpio muito incomum. Não é por acaso que foi encontrado no altar do Segundo Império Búlgaro, onde era tradição incorporar relíquias valiosas sagradas nas igrejas”, diz Totev.

Enquanto é extremamente improvável que uma parte real da cruz de Jesus tenha ido parar na Bulgária (ou qualquer igreja do mundo), os arqueólogos lembram que todos os fragmentos de madeira preservados como relíquias nas Igrejas medievais prometiam ser a Cruz Sagrada. O protestante João Calvino até mesmo fez troça que, se todos os pedaços da Cruz fossem reunidos, daria para encher um navio.

Na Idade Média, era costume no Império Bizantino e no Império Búlgaro construir catedrais que pudessem abrigar essas relíquias. "O encólpio foi colocado atrás do altar, o lugar mais sagrado do templo. Isso, por sua vez, apresenta claramente três cruzes. A do meio consta uma inscrição que diz: Czar da glória", explica Konstantin.

Thiago Lincolins e Tiago Cordeiro


Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

Mais Lidas

  1. 1 Crianças que nasceram como resultado do horrível programa Há 82 anos, nazistas começavam seu repugnante programa de ...
  2. 2 Os quatro milênios da Babilônia
  3. 3 Uma tempestade chamada Pagu
  4. 4 Inquisição: A fé e fogo
  5. 5 Marginália: As alucinadas ilustrações dos livros medievais