Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / China

Friends sofre censura em relançamento na China

Algumas cenas da sitcom foram removidas ou ganharam contextos completamente diferentes

Fabio Previdelli Publicado em 14/02/2022, às 12h31

Imagem de divulgação de Friends - Divulgação/ HBO
Imagem de divulgação de Friends - Divulgação/ HBO

Após ‘Clube da Luta’ ganhar um final alternativo na China, agora foi a vez de Friends sofrer com a censura do país. Na semana passada, a sitcom norte-americana foi relançada no país em diversas plataformas de streaming. 

Entretanto, diversos fãs notaram que o enredo da série foi modificado em diversas cenas. Em uma delas, a discussão sobre a orientação sexual de Carol, ex-esposa de Ross que assume ser lésbica, foi removida.

Há também a reclamação de que legendas incorretas foram inseridas para descontextualizar referências sexuais feitas na série. Conforme aponta o jornal local South China Morning Post, a expressão “orgasmos múltiplos” foi trocada por “as mulheres fofocam sem parar”. 

Nenhuma plataforma de streaming respondeu às acusações ainda. Até 2018, a plataforma Sohu tinha o direito de transmissão da série, exibindo-a de maneira completa e sem cortes ou quaisquer tipos de censura. Entretanto, tudo mudou quando o show voltou aos serviços chineses.

Se você não pode mostrar a versão completa [da série] na atmosfera atual, não a importe [para a China]”, reclamou um usuário no Weibo, mídia social chinesa semelhante ao Twitter, conforme apurou a CNN. 

Com o fato, diversos fãs de Friends subiram a hashtag #FriendsCensored na rede social. Entretanto, desde o último domingo, 13, os resultados de pesquisa do termo se tornaram praticamente nulos — o que pode significar que censores chineses suspenderam, ou bloquearam, centenas de mensagens sobre o assunto. 

Conforme anteriormente relatado pela equipe do site Aventuras na História, o especial de Friends, lançado no ano passado, também foi alvo de censuras. Participações especiais como Lady Gaga e BTS foram removidos da versão chinesa.