Notícias » Bizarro

Fruta fedida faz prédio ser evacuado com suspeita de vazamento de gás na Alemanha

Em uma agência de correio, o pacote contendo o presente resultou no acionamento da polícia e dos bombeiros para conter seu cheiro

Wallacy Ferrari Publicado em 23/06/2020, às 12h15

Imagem ilustrativa de uma plantação de durião
Imagem ilustrativa de uma plantação de durião - Pexels

O cheiro de uma fruta típica da Ásia, conhecida popularmente como durião, causou confusão em uma agência de correio no último sábado, 20, em Schweinfurt, na Alemanha. Com um cheiro forte e incômodo, um pacote com a planta movimentou autoridades pelo odor suspeito, semelhante ao de um gás.

De acordo com o The Guardian, a polícia e os bombeiros foram acionados para examinar a embalagem, chegando a evacuar o prédio e retirar 60 funcionários. Doze funcionários relataram náuseas e foram prontamente atendidos pela equipe de enfermagem deslocada ao local. Seis deles foram levados ao hospital, de acordo com a TV alemã Bayerischer Rundfunk.

Com a cuidadosa abertura do pacote, a equipe da polícia concluiu que a caixa não continha explosivos ou qualquer vazamento de material tóxico; se depararam com quatro duriões, enviado para um cidadão local de 50 anos de idade, sendo despachado por um amigo em Nuremberg, a 120 quilômetros da cidade.

A fruta de origem asiática é tão mal-cheirosa que seu uso é proibido em transportes coletivos e hotéis em diversos países do continente, mas é consumida principalmente na Tailândia e China. Em 2019, o durião causou outra evacuação por relatos de “cheiro de gás”, em uma biblioteca na Austrália.