Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Cobra

Funcionários capturam filhotes de cobras e enorme mãe em ninho de pítons na Flórida

19 filhotes e mais 23 ovos não eclodidos foram removidos pela Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem do estado

Redação Publicado em 18/07/2022, às 12h24

Cobras capturadas na Flórida - Divulgação/Florida Fish and Wildlife
Cobras capturadas na Flórida - Divulgação/Florida Fish and Wildlife

Funcionários da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida (FWC) foram responsáveis por capturar 19 filhotes de cobras e sua mãe enorme de um ninho de píton situado em um pântano no sul do estado norte-americano.

Além de retirarem os filhotes e a mãe, os dois membros da organização retiraram ainda 23 ovos não eclodidos e, no dia seguinte, outra fêmea reprodutora que estava em um segundo ninho nas proximidades.

“As pítons e os ovos não eclodidos foram removidos do habitat sensível, ajudando a evitar futuros impactos negativos à nossa vida selvagem nativa”, escreveu a FWC em um comunicado publicado no Facebook. "Ótimo trabalho, oficial Rubenstein e Alex!"

A primeira cobra estava protegendo seus filhotes e ovos, se contorcendo sobre eles e dificultando o trabalho dos funcionários. Já a segunda impressionou pelo tamanho: a píton media 5,3 metros de comprimento.

Caça às cobras

Segundo o portal Live Science, as pítons birmanesas, de nome científico Python bivittatus, são frequentemente capturadas pela FWC e outras organizações por serem consideradas uma ameaça à fauna local.

A comissão explica que as cobras são tidas como invasoras na Flórida e não possuem muitos predadores naturais, o que as torna uma ameaça a aves nativas, mamíferos a até mesmo jacarés.