Notícias » Arqueologia

Garoto de seis anos encontra artefato 3.000 anos em Israel

A descoberta — rara — revelou uma cena de disputa territorial interna

Caio Tortamano Publicado em 25/05/2020, às 16h00

Peça de argila mostra cena de homem capturado e nu sendo levado por outro homem
Peça de argila mostra cena de homem capturado e nu sendo levado por outro homem - Autoridade Israelense de Antiguidades

Um garoto de seis anos de idade encontrou em Tell Jemmeh, Israel, uma pequena placa de argila que representava um homem guiando outra pessoa — aparentemente pelada — e amarrada. A peça, que pertence a Idade do Bronze, demonstra uma cena de vitória triunfante e humilhante ao mesmo tempo.

A identidade étnica das figuras apresentadas ainda não é certa. Na época, o local estava próximo à fronteira com o Egito Antigo, no entanto, dificilmente representa a dita etnia. O arqueólogo Saar Ganor, que faz parte da equipe Israelense de Antiguidades, atentou para a importância da cidade de Tell Jemmeh na Idade do Bronze.

O local, conta Ganor, “É identificado como a cidade de Yerza, mencionada nas Cartas de Amarna - um arquivo encontrado no Egito de cartas escritas em acadiano entre o faraó e o império colonial egípcio durante o século 14 a.C.”.

Pertencente ao Egito, as cidades-estado de Canaã (na qual Yerza estava englobada) tinham cada uma um rei próprio, que muitas vezes entravam em conflitos entre si.

Esse provavelmente é o contexto que a peça de argila representa: uma disputa territorial interna entre dois reinos próximos. Nenhuma outra peça do tipo foi encontrada, embora seja improvável ter sido feita somente uma do tipo.

Imri Elya e seu achado, juntamente com o certificado / Crédito: Divulgação

 

Imri Elya, responsável pela descoberta, recebeu um certificado da Autoridade Israelense de Antiguidades por ter levado o artefato até eles. Elya conseguiu uma proeza que poucos arqueólogos tiveram possibilidade, que é ter encontrado vestígios da Antiga Jemmeh — restam pouquíssimos e raros vestígios dessa cidade, embora tenha existido por milhares de anos.