Notícias » Bizarro

Garoto que nasceu com dois pênis também não tinha orifício anal

O caso foi identificado no Uzbequistão e a condição rara é conhecida como difalia. Entenda!

Redação Publicado em 14/03/2022, às 15h27

Exame mostra ligações do pênis
Exame mostra ligações do pênis - Divulgação / Science Direct

Um estudo publicado na revista Science Direct comprovou um raro caso de difalia no mundo; trata-se de um garoto de 7 anos de idade, natural do Uzbequistão que não teve seu nome revelado, cuja condição o fez nascer com dois pênis, vivendo os sete primeiros anos de vida sem qualquer desconforto com os dois órgãos genitais.

Com a uretra conectando a bexiga e testículos até o órgão reprodutor, ele podia urinar pelos dois buracos, sendo completamente funcionais e descritos como "estruturalmente normais", sem detalhar se a urina saía simultaneamente por ambos ou se havia algum tipo de controle de saída.

Contudo, outra particularidade descoberta com a família do garoto ao consultar seu histórico médico revelou mais uma condição específica; o garoto nasceu sem o ânus, obrigando médicos a elaborarem o orifício por após ele nascer.

Entretanto, eles ainda buscam saber o motivo de não ter sido registrada a presença de dois pênis quando a cirurgia de correção anal foi feita.

Os pênis agora formam apenas um, unidos em um único eixo e prevenindo o jovem de problemas futuros causados pela difalia, direcionando o jato para apenas uma direção.

Ao ser operado, um cateter foi colocado por 21 dias na nova uretra enquanto ele se recuperava. Dois meses depois, já usava o banheiro sem problemas.

+Confira o estudo completo da descoberta clicando aqui