Notícias » Arqueologia

Garrafa de whisky de naufrágio de 1941 vai a leilão

A bebida não está mais segura para consumo humano, mas ainda assim deve valer 20 mil dólares, junto com capacete de mergulho e tijolos do navio

Isabela Barreiros Publicado em 12/08/2020, às 14h24

Os itens colocados em leilão
Os itens colocados em leilão - Divulgação/Grand Whisky Auction

Em 5 de fevereiro de 1941, o navio Politician SS naufragou nas águas da costa das Hébridas Exteriores da Escócia, o arquipélago no noroeste da Escócia. Agora, 79 anos depois, os achados da embarcação irão à leilão no Grand Whisky Auction e podem valer por volta de US $ 20.000, segundo a Forbes.

De fato, o lote que está à venda é composto por uma garrafa de whisky, um capacete de mergulho e tijolos que faziam parte do navio em questão. O Politician, na época que afundou, estava carregando 264 mil garrafas, armazenadas em pelo menos 28 mil caixas. Além disso, ele levava algodão e biscoitos.

“É raro recuperar do naufrágio uma garrafa que não tenha sido destruída pelas marés e pelo tempo. É um pedaço impressionante da história do whisky”, afirmou Jane Manson, diretora do Grand Whisky Auction. Ela afirmou ainda que quando o naufrágio foi descoberto em 2013 já foram vendidas duas garrafas pelo valor de $ 16.000.

Por mais que a ideia de beber um whisky de 79 anos possa parecer impressionante, a aguardente não deve ser ingerida. Segundo a própria organização do leilão, ele não está mais seguro para consumo humano.