Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ucrânia

George Soros reflete sobre Guerra na Ucrânia: 'Nossa civilização pode não sobreviver'

Para George Soros, investidor húngaro-americano, o conflito seria o 'início da Terceira Guerra'

Redação Publicado em 26/05/2022, às 10h35

George Soros, bilionário húngaro-americano - Getty Images
George Soros, bilionário húngaro-americano - Getty Images

Para o bilionário húngaro-americano George Soros, o conflito que se estende na Ucrânia desde final de fevereiro, quando tropas russas invadiram o país sob a premissa de uma “operação especial”, pode ter sido o começo de uma Terceira Guerra Mundial.

Em um jantar realizado na noite de terça-feira, 24, em Davos, na Suíça, onde está acontecendo o Fórum Econômico Mundial, o investidor e filantropo afirmou ainda que o conflito pode causar o fim da nossa civilização.

"A invasão [da Ucrânia pela Rússia] pode ter sido o início da Terceira Guerra Mundial e nossa civilização pode não sobreviver", disse Soros. "Devemos mobilizar todos os nossos recursos para que a guerra termine logo".

Evitar a 3ª Guerra

O bilionário sugere que a única forma de evitar o agravamento da situação seria a derrota rápida do presidente russo, Vladimir Putin. Em sua fala, ainda revelou-se cético quanto a um cessar-fogo, principalmente por parte do líder da Rússia.

"Um cessar-fogo é inatingível, porque não é confiável. Putin teria que iniciar negociações de paz, o que ele não fará porque seria equivalente a desistir", opinou Soros, segundo o portal UOL.