Notícias » Afeganistão

George W. Bush tem acompanhado cenário atual do Afeganistão 'com profunda tristeza'

O ex-presidente chegou a criticar a retirada das tropas americanas do país do Oriente Médio no mês passado

Redação Publicado em 17/08/2021, às 09h35

O ex-presidente Bush
O ex-presidente Bush - Getty Images

Na última segunda-feira, 16, ex-presidente dos EUA George W. Bush divulgou uma nota junto à ex-primeira dama Laura Bush na qual declaram estar acompanhando os "trágicos acontecimentos que se desenrolam no Afeganistão com profunda tristeza". Conforme o UOL, o comunicado foi compartilhado por meio das redes sociais.

"Nossos corações pesam tanto pelo povo afegão que tanto sofreu quanto pelos americanos e aliados da OTAN [Organização do Tratado do Atlântico Norte] que tanto se sacrificaram", diz a nota.

De acordo com o portal de notícias, em abril deste ano, o atual presidente Joe Biden anunciou a retirada das tropas americanas do país da Ásia Meridional. No mês de julho, porém, Bush criticou a medida, alegando que as consequências seriam sofridas principalmente por "mulheres e meninas afegãs".

"O presidente Biden prometeu evacuar esses afegãos, junto com os cidadãos americanos e nossos aliados. O governo dos Estados Unidos tem autoridade legal para reduzir a burocracia para refugiados durante crises humanitárias urgentes", prosseguem George e Laura no comunicado.

"E temos a responsabilidade e os recursos para garantir uma passagem segura para eles agora, sem atrasos burocráticos. Nossos aliados mais fortes, junto com ONGs privadas, estão prontos para ajudar", finalizam.