Notícias » Arqueologia

Gigante estrutura de defesa da Idade do Ferro romana é encontrada na Dinamarca

O enorme “cinturão defensivo” era formado por 10 mil buracos que serviam como um campo minado para os inimigos

Alana Sousa Publicado em 05/05/2020, às 18h30

A estrutura encontrada na Dinamarca
A estrutura encontrada na Dinamarca - Divulgação/Museu Lolland-Falster

Na ilha de Lolland, na Dinamarca, foi encontrada uma enorme estrutura maciça que arqueólogos acreditam ter sido usada como forma de defesa na Idade do Ferro romana. Até agora, 770 metros foram detectados, entretanto, os pesquisadores acreditam que o monumento poderia dobrar de tamanho.

Bjørnar Måge, arqueólogo e curador do Museu Lolland-Falster, comentou sobre o impressionante achado: “Acreditamos que a estrutura foi construída a cerca de um quilômetro da costa entre duas  áreas úmidas impenetráveis — em uma tentativa de impedir o ataque do inimigo de entrar na Lolland”.

Segundo os arqueólogos a estrutura era uma longa fila de buracos no chão, que fariam o papel de um campo minado. Por ser de grande extensão — cerca de 10 mil buracos foram cavados —, foi necessário um esforço e muito trabalho para tal estratégia de defesa.

O “cinturão defensivo”, como foi chamado pelos especialistas, está quase que completamente destruído. Por isso, foi impossível datar o período exato de construção. Os pesquisadores estipulam que seja na Idade de Ferro romana, que engloba os anos de 0 a 375 d.C..