Notícias » Goiás

Goiás emite alerta sobre chikungunya: ‘Se atentem’

Número de casos da doença na região aumentou 197% em 2021

Penélope Coelho Publicado em 11/12/2021, às 10h35 - Atualizado às 11h13

Mosquito Aedes aegypti
Mosquito Aedes aegypti - Divulgação/Raul Santana/Fiocruz

Neste sábado, 11, foi informado que a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás emitiu um alerta sanitário sobre uma possível epidemia de chikungunya na região.

Ou seja, além da preocupação com a pandemia de Covid-19, o território goiano também está sofrendo com o aumento de casos de chikungunya. As informações foram publicadas pelo portal de notícias g1.

A doença em questão é causada por um vírus que pode ser transmitido pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, causado febres altas e dores em todo o corpo.

Segundo revelado na reportagem, só em 2021, 802 casos da doença foram registrados no estado de Goiás, o que representa um aumento de 197% nos números, se comparado ao ano passado.

A superintendente de vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, alertou sobre os perigos do aumento das infecções, principalmente no período atual:

“Goiás nunca teve um epidemia por chikungunya. Nos preocupa porque temos muitas pessoas susceptíveis a esses vírus e nós ainda não tivemos o fim da pandemia de Covid. Então é muito importante que as pessoas se atentem”.