Notícias » Arqueologia

Golias era mesmo gigante? Estudo sugere que característica seria metafórica

Se for para seguir as descrições bíblicas literalmente, o guerreiro mediria 2,38 metros, porém pesquisadores descobriram que existia mais elementos para analisar nessa história

Ingredi Brunato Publicado em 23/11/2020, às 15h30

Ilustração representando luta entre Golias e Davi
Ilustração representando luta entre Golias e Davi - Divulgação/ Pixabay

Uma pesquisa recente em cidades onde teriam se passado histórias bíblicas investigou a terra natal de Golias, o gigante que o Rei Davi derrotou em batalha usando sua perspicácia. O que os pesquisadores descobriram foi que o guerreiro teria sido descrito no Antigo Testamento como tão alto quanto as muralhas de sua cidade eram largas — 2,38 metros —, gerando uma conclusão no mínimo interessante. 

“O escritor antigo usou uma métrica arquitetônica real daquela época para descrever a altura de Golias, provavelmente para indicar que ele era tão grande e forte quanto as paredes de sua cidade”, explicou o arqueólogo Jeffrey Chadwick, que esteve envolvido no estudo, segundo divulgado pela Science News. 

Pesquisador mostrando medição de largura da muralha de Gate / Crédito: Divulgação/ Eric Welch 

 

As ruínas de Gate, cidade onde Golias vivia, estão localizadas em Tel Safi, em Israel, e teria alcançado seu auge na Idade do Ferro, justamente o período onde aparecem as menções ao gigante guerreiro.  

Apesar das evidências encontradas, os especialistas ainda acreditam que mais análises precisam ser feita a respeito do assunto, a fim de que seja uma conclusão concreta, e não apenas uma “ideia intrigante”. Outra sugestão de Chadwick, por exemplo, é que a suposta altura de Golias era uma expressão comum da época para referir-se a alguém “grande e forte”. 

Antigo Testamento 

O Antigo Testamento - também conhecido por “Escrituras Hebraicas” - são os livros que constituem a primeira parte da Bíblia cristã, e a totalidade da Bíblia hebraica. É constituída de 39 livros para os cristãos, e 24 para os judeus. 

Esses livros descrevem a relação de Deus com seu povo israelita, começando no momento do Gênesis, com a criação do homem e a mulher, e seguindo com a história de diversos líderes guiando o povo escolhido de acordo com os ensinamentos de Deus, como Abrãao, Moisés e Josué

Na Bíblia Católica, o Novo Testamento começa com o nascimento de Jesus Cristo.