Notícias » Estados Unidos

Google Earth revela cadáver de homem desaparecido há 22 anos

William Moldt, que tinha 40 anos na época, sumiu após ter ido a uma boate em Latana, na Flórida

Fabio Previdelli Publicado em 13/09/2019, às 10h39

None
- Reprodução

Os restos mortais de um homem desaparecido há 22 anos, nos Estados Unidos, foram encontrados graças a uma pesquisa no Google Earth. O carro estava submerso em um lago em Moon Bay Circle, Wellington, na Flórida.

O corpo era de William Moldt, que sumiu em 1997, aos 40 anos, quando fazia o caminho de volta de uma boate para sua casa. Na época, a polícia local chegou a abrir um inquérito sobre o caso, mas faltas de pistas encerraram as buscas meses depois.

O mistério, que durou mais de duas décadas, só foi revelado no último dia 28 de agosto. Um ex-morador do bairro resolveu checar sua antiga vizinhança, foi quando encontrou no lago algo que parecido com um carro. Imediatamente a pessoa informou o ocorrido para um antigo vizinho, que confirmou a suspeita depois que avistou o automóvel por meio de seu drone pessoal.

William Moldt  / Crédito: Reprodução


“Surpreendentemente, o veículo estava claramente visível em uma foto de satélite do Google Earth da área desde 2007, mas aparentemente ninguém percebeu até 2019”, relatou o site Charley Project (banco de dados online americano sobre casos não resolvidos).

A polícia foi prontamente informada e retirou o sedã branco que já estava “fortemente calcificado” no local. Dentro do automóvel estavam os restos de William. Os familiares de Moldt foram informados da descoberta e finalmente puderam se despedir do rapaz.