Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Joe Biden

Governo Biden oferece troca de traficante de armas russo em troca de jogadora de basquete

Troca recebeu apoio de presidente Joe Biden, mas o Departamento de Justiça é contra

Isabelly de Lima, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 27/07/2022, às 18h32

Jogadora Brittney Griner sendo presa, na Rússia - Divulgação / Youtube / CNN
Jogadora Brittney Griner sendo presa, na Rússia - Divulgação / Youtube / CNN

Interlocutores do governo de Joe Biden revelaram que, depois de meses de debate interno, o governo ofereceu a troca de um traficante de armas russo condenado a 25 anos de prisão nos Estados Unidos, Viktor Bout, pela libertação de dois americanos detidos pela Rússia, Brittney Griner e Paul Whelan.

As fontes contaram, em entrevista exclusiva à CNN, que Bidencomeçou a apoiar o plano da troca após uma longa discussão sobre o assunto, que iniciou em janeiro deste ano. O apoio do presidente americano supera a oposição do Departamento de Justiça, que é contra a permuta de prisioneiros.

Nesta quarta-feira, 27, um alto funcionário do governo disse, via CNN: “Comunicamos uma oferta substancial que acreditamos que poderia ser bem-sucedida com base em um histórico de conversas com os russos. Enviamos isso algumas semanas atrás, em junho”.

A jogadora de basquete

As famílias das vítimas pediram à Casa Branca que garanta a libertação da dupla, até mesmo por meio de uma troca de prisioneiros. Brittney Griner é uma estrela da WNBA (Liga Profissional de Basquete Feminino dos Estados Unidos) e foi presa por posse de drogas, em Moscou, em fevereiro.

A jogadora se declarou culpada no início de julho, mas alegou que levou maconha para a Rússia de forma involuntária. Ela testemunhou em um tribunal russo hoje, 27, como parte do julgamento em andamento pelas acusações de tráfico, em que a jogadora pode pegar até 10 anos de prisão.

De acordo com o processo judicial russo e com funcionamento interno das negociações EUA-Rússia, seu julgamento terá que ser concluído antes de um acordo ser finalizado.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.