Notícias » Brasil

Governo Bolsonaro lamenta morte de Marília Mendonça: 'Deixa um legado para a música regional brasileira'

Comunicado foi divulgado através da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo

Redação Publicado em 05/11/2021, às 19h41

A artista em foto pessoal
A artista em foto pessoal - Divulgação/Instagram/Marília Mendonça

Após uma queda de avião que resultou na morte de 5 pessoas em Piedade de Caratinga, Minas Gerais, a assessoria de Marília Mendonça confirmou a morte da artista durante o trágico episódio. A cantora faria um show nesta sexta-feira, 5.

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-pilto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento”, disse a assessoria da artista, em nota. “O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos.”

Além de colegas que lamentaram a dura notícia, o Governo Bolsonaro lançou uma nota de pesar sobre a morte da artista, que era uma das maiores do Brasil. O comunicado foi publicado através da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.

O texto cita o legado da artista, além de ressaltar que Mendonça não será esquecida.

Marília Mendonça deixa um legado para a música regional brasileira e cultura do Brasil. Certamente não será esquecida. Nossos sentimentos aos familiares e amigos. Descanse em paz, 'cantora do mundo' #EquipeSecult", diz a nota.