Notícias » Europa

Governo do novo chanceler alemão fará reunião sobre pandemia

O mandato do governo liderado por Olaf Scholz fará uma reunião de crise

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/12/2021, às 15h34

Olaf Scholz, o nono chanceler alemão do pós-guerra
Olaf Scholz, o nono chanceler alemão do pós-guerra - Getty Images

O novo governo de Olaf Scholz começa seu mandato na Alemanha nesta quinta-feira, 9, e fará uma reunião de crise sobre a pandemia de Covid-19 dentro do país, contando com visitas ministeriais a Bruxelas e Paris.

Scholz, que é o nono chanceler alemão do pós-guerra, sucede Angela Merkel desde a última quarta-feira, 8, e já busca tomar conta de urgências relacionadas à retenção do coronavírus dentro do território alemão.

Nesta quinta-feira, 9, a Alemanha registrou mais de 70 mil novas infecções e 465 mortes relacionadas a Covid-19, e segundo o portal de notícias UOL, a taxa de incidência é de 422,3 em sete dias.

Agora, Olaf Scholz fará uma reunião de crise com as 16 regiões da Alemanha, apenas uma semana após uma feita por Angela Merkel, que trouxe mais restrições para aqueles que ainda não se vacinaram. O governo agora precisa discutir a vacinação entre crianças.

A chefe da diplomacia alemã, Annalena Baerbock, e Nancy Faeser, primeira-ministra do Interior da Alemanha, fazem visitas oficiais nesta quinta-feira, 9: Faeser fará uma reunião em Bruxelas, e Annalena Baerbock visita a cidade e Paris. Scholz visitará Paris na próxima sexta-feira, 10.