Notícias » Estados Unidos

Governo dos EUA afirma ter sofrido ataque hacker apoiado pelo governo russo

Anunciado pelo Conselho Nacional de Segurança, a invasão nos dados de duas pastas resultou em uma reunião emergencial na Casa Branca

Wallacy Ferrari Publicado em 14/12/2020, às 07h55

Imagem ilustrativa de monitor com programação
Imagem ilustrativa de monitor com programação - Pixabay

Um comunicado do governo dos Estados Unidos lançado no último domingo, 13, confirmou que um grupo de invasores acessaram o sistema de dados do Departamento do Tesouro e da Administração Nacional e Telecomunicações e Informações do Departamento de Comercio. Os indícios do ataque hacker foram reconhecidos apenas nestes setores, mas podem ter sido ainda mais abrangentes, acessando dados de outras pastas do governo Trump.

Durante uma coletiva de imprensa, o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, John Ullyot, afirmou que há possibilidades de se tratar de uma invasão apoiada pelo governo russo, conforme consultado com especialistas federais e privados ao rastrear a origem dos acessos. Na ocasião, John acrescentou que o Conselho está tomando medidas para "identificar e remediar" problemas decorrentes dos acessos.

Conforme noticiado pelo portal G1, um funcionário do governo informou à Reuters que ainda não há estimativa dos prejuízos causados pelos ataques hackers, sem informar quando material confidencial foi roubado ou deletado — e, por isso, resultou em uma reunião emergencial do Conselho com os líderes do governo na Casa Branca durante o último sábado, 12.