Notícias » Arte

Governo mexicano encontra único registro da voz de Frida Kahlo

Na gravação radiofônica encontrada no México, a artista recita trechos de um texto escrito em 1949

André Nogueira Publicado em 17/06/2019, às 14h00

Frida
Frida - Crédito: Reprodução

Em janeiro deste ano, a Fonoteca Nacional do México divulgou a gravação radiofônica de uma das mais importantes e conhecidas artistas da América Latina, a retratista Frida Kahlo. No aúdio, Frida recita trechos de seu texto Retrato de Diego, em que descreve seu marido, Diego Rivera.

O Governo ainda levanta ressalvas: é provável que seja Frida, mas não se pode confirmar totalmente. É chocante que se trata de uma voz doce, calma e suave. As descrições de Diego Rivera são acompanhadas de um timbre que lembra o mel.

O arquivo é uma gravação do programa da rádio XEW, em 1956 (pouco tempo depois da morte da pintora), protagonizado pelo radialista conhecido como El Bachiller (Álvaro Gálvez y Fuentes).

Após ser encontrado acidentalmente por Pável Granados, o aúdio foi submetido a testes de averiguação, demonstrando que se tratava de uma gravação fora de estúdio por uma locutora não profissional. Os indícios provam ser a voz de Frida Kahlo.

Outro indício foi a busca por pessoas próximas à artista. Guadalupe Rivera Martíns, filho de Diego, reconheceu a voz de Frida na gravação, enquanto Esteban Volkov, neto de Leon Trotsky, diz não saber se é ela mesma - principalmente por questão de memória.

Confira a gravação abaixo.