Notícias » Rússia

Governo russo bloqueia acessos ao Twitter e Facebook no país

A decisão foi anunciada na última sexta-feira, 4, pala autoridade de comunicação do governo da Rússia

Redação Publicado em 05/03/2022, às 10h00

Imagem de Alexander Bahena por Pixabay
Imagem de Alexander Bahena por Pixabay - Imagem de Alexander Bahena por Pixabay

Na última sexta-feira, 4, a autoridade de comunicação do governo da Rússia informou que as plataformas da Meta, a dona do Facebook, estão bloqueadas no país. Ainda mais, de acordo com a agência TASS, o Twitter também foi restrito no território.

Agora, segundo a CNN, redes como o Instagram e o WhatsApp também podem ser bloqueadas, já que fazem parte do grupo Meta. Além delas, relatos afirmam que veículos de notícia como a BBC, da Inglaterra, e o Deutsche Welle, da Alemanha, tiveram seus acessos restritos, assim como a Wikipedia.

Diante do anúncio, Nick Clegg, o vice-presidente de comunicações globais da Meta, pontuou que a responsável pelo Facebook tenta restabelecer os serviços da empresa. Segundo o representante, contudo, o grupo não pode ir contra uma decisão do governo.

Ainda de acordo com a CNN, acredita-se que o bloqueio das redes sociais se deu, em partes, para impedir a organização de protestos contra a movimentação da Rússia na Ucrânia. Isso porque, desde que os países entraram em conflito, as manifestações são proibidas no território russo e, para acontecerem, precisam de autorização do governo.