Notícias » Rússia

Governo russo bloqueia Instagram no território

Anteriormente, o Facebook e Twitter já haviam sido indisponibilizados na Rússia

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 14/03/2022, às 10h21

Imagem ilustrativa de celular com redes sociais
Imagem ilustrativa de celular com redes sociais - Wallpaper Flare

Alegando que a rede social estava sendo usada para incentivar a violência contra a população russa, o Kremlin bloqueou o Instagram nesta segunda-feira, 14.

Vale lembrar que essa é a terceira empresa do Meta a ficar inacessível dentro da Rússia nos últimos dias — previamente, Twitter e Facebook também haviam sido bloqueados. 

Conforme divulgado pelo diretor do Instagram, Adam Mosseri, e repercutido pelo g1, a rede social possui nada menos que 80 milhões usuários da Rússia. 

Outro detalhe é que, além de ser popular entre os jovens, a plataforma é usada como suporte à economia russa, uma vez que empresas menores e trabalhadores autônomos tendem a divulgar seu trabalho por lá. O bloqueio, nesse contexto, pode atrapalhar a fonte de renda de muitos. 

Como reação a esses desdobramentos, houve um aumento dramático pelos cidadãos russos do uso de VPNs, isso é, de Redes Virtuais Privadas, que permitem ao usuário navegar pela internet sem que o país onde está morando seja identificado. 

A empresa Surf Shark, por exemplo, que fornece serviços de VPN, afirmou que suas vendas para a nação cresceram impressionantes 3.500%, de acordo com a ANSA.