Notícias » Ucrânia

Guerra com a Rússia estaria se aproximando do fim, segundo Zelensky

O presidente ucraniano considerou positivas as recentes negociações com o país rival na guerra

Redação Publicado em 30/03/2022, às 07h26

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky
O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky - Getty Images

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, declarou na última terça-feira, 29, que a invasão russa estaria chegando ao fim. Contudo, ressaltou que seu país não reduzirá "esforços de defesa", mesmo após autoridades russas terem anunciado que reduzirão as hostilidades nos territórios de Kieve Chernigov.

"Sim, podemos qualificar os sinais que ouvimos da plataforma de negociação como positivos. Mas esses sinais não abafam os estragos dos projéteis russos", disse o líder ucraniano em mensagem publicada no site da presidência.

"Em seu 34º dia a invasão em grande escala da Rússia e de nossa defesa em grande escala está chegando ao fim", declarou o político, segundo informações da EFE.

De acordo com a agência de notícias, o Exército russo deu início ontem à retirada de algumas de suas tropas dos arredores de Kiev e de Chernigov para se concentrar em seu novo objetivo: conquistar a região do Donbas.

"O inimigo russo está realizando a retirada de unidades individuais dos territórios das regiões de Kiev e Chernigov", disse o Comando Geral das Forças Armadas da Ucrânia em relatório.

Zelensky, porém, ressaltou que "a vigilância não deve ser perdida. A situação não se tornou mais fácil... Os militares russos ainda têm um potencial significativo para continuar os ataques contra nosso Estado”.

Por isso, alertou que "não reduziremos nossos esforços de defesa. Tanto no norte do nosso Estado quanto em todas as outras regiões da Ucrânia (...) A defesa da Ucrânia é a tarefa número um agora".