Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Coreia

Guerra de balões: Desertores enviam pendrives com K-pop à Coreia do Norte

Além de pendrives com músicas de K-pop, os desertores também enviaram dólares americanos e panfletos críticos a Kim Jong-un; tensão aumenta nas Coreias

Balões enviados da Coreia do Sul ao norte - Reprodução/Vídeo/YouTube/@Reuters
Balões enviados da Coreia do Sul ao norte - Reprodução/Vídeo/YouTube/@Reuters

Na última semana, vem crescendo cada vez mais a tensão entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte; mas dessa vez, sem ameaças com armas, exércitos, bombas e mísseis. Há dias, os países lutam uma "guerra de balões", desde que o norte enviou em balões de ar contendo lixo, pontas de cigarro e até excremento humano, e o sul responde com pendrives com K-pop e panfletos críticos a Kim Jong-un.

Um desenrolar recente desse conflito foi que, nesta quinta-feira, 6, um grupo de desertores norte-coreanos — chamado Movimento Coreia do Norte Livre — disse ter enviado 10 grandes balões carregados com 200 mil panfletos críticos ao regime do país e a Kim Jong-un. Além disso, conforme repercutiu a mídia sul-coreana, também enviaram notas de dólares americanos e pen drives cheios de K-pop.

Vale mencionar que o norte havia concordado nos últimos dias com uma suspensão dos voos de balão, depois que o Sul ameaçou tomar medidas "insuportáveis" caso continuassem, como a retomada da propaganda em prol do Sul e transmissões de K-pop em uma rede de alto-falantes ao longo da zona desmilitarizada (DMS), uma faixa de terra que divide as Coreias.

Agora, a tensão da — felizmente pouco brutal — "guerra dos balões" cresce, bem como os receios de que o Norte volte com sua campanha "suja" em resposta aos ativistas desertores. Anteriormente, eles já haviam alertado que estavam preparados para enviar "cem vezes a quantidade de papel higiênico e sujidade" que já tinham enviado, conforme repercute o The Guardian.

Propaganda anti-norte

Em fotografia divulgado pelo Movimento Coreia do Norte Livre, é possível ver uma ativista com um grande cartaz com fotografias do líder supremo norte-coreano, Kim Jong-un, e sua influente irmã, Kim Yo-jong. "O inimigo do povo, Kim Jong-un, enviou sujeira e lixo ao povo sul-coreano, mas nós, os desertores, enviamos verdade e amor aos nossos companheiros norte-coreanos!", estava escrito no cartaz.