Notícias » Ucrânia

"A guerra não é apenas para a Ucrânia", diz prefeito de Kiev

O político Vitali Klitschko pediu união mundial e declarou que o conflito é um desafio "para todo o mundo democrático".

Redação Publicado em 02/03/2022, às 11h30

O prefeito de Kiev
O prefeito de Kiev - Getty Images

O prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, declarou na última terça-feira, 1°, que o atual conflito na Ucrânia representa "um desafio para todo o mundo moderno, para todo o mundo democrático".

O político, quem foi campeão mundial de boxe no peso pesado, afirmou que "está muito orgulhoso de ser ucraniano". "Ficamos na frente de um dos exércitos mais fortes do mundo", disse Klitschko durante entrevista à CNN.

Ontem, ataques aéreos atingiram pontos estratégicos do país, como uma torre de TV, localizada na capital. Por meio de uma publicação no Instagram, o prefeito informou sobre a morte de cinco civis que passavam pelo local quando a estrutura caiu.

De acordo com informações do UOL, o político afirmou que, apesar dos constantes ataques, a infraestrutura de Kiev, o que inclui eletricidade, aquecimento e água, encontra-se funcionando.

"A vontade de sermos independentes é a nossa principal prioridade. E estamos defendendo nossas famílias, nossa cidade, nosso país e nosso futuro", disse o prefeito, que pediu que os países apoiem a Ucrânia, porque será "difícil sobreviver" sem ela.

Ele ainda declarou que as autoridades estão em comunicação direta com a Cruz Vermelha e pediu por "sanções mais duras contra a Rússia".