Notícias » Rússia

'Guerra nuclear está na mente do Ocidente, não da Rússia', afirma ministro russo

A declaração foi feita por Sergey Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia

Redação Publicado em 03/03/2022, às 07h15

Sergey Lavrov, Ministro das Relações Exteriores da Rússia
Sergey Lavrov, Ministro das Relações Exteriores da Rússia - Getty Images

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, declarou nesta quinta-feira, 3, que a possibilidade de uma guerra nuclear está "na mente do Ocidente, não dos russos". Ontem, porém, o político afirmou que, caso ocorresse uma Terceira Guerra Mundial, seriam utilizadas armas nucleares e que o combate acabaria por ser destrutivo.

Nesta manhã, Lavrov aparentou estar confiante de que será encontrada uma solução para a crise, alegando que as demandas de Moscou são "mínimas". No entanto, disse que a Rússia não pode permitir que o país vizinho, que demonstrou interesse em entrar para a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), represente uma ameaça à segurança nacional.

De acordo com informações do UOL, a aliança militar, que foi criada para fazer frente à antiga União Soviética, representa uma grande ameaça para Putin. Por essa razão, o presidente russo quer uma garantia de que a Ucrânia jamais se filie à Otan.

O ministro declarou ainda que as negociações entre ambos os países estão agendadas para ocorrerem hoje. Contudo, Lavrov observou que Kiev não tem agindo de maneira independente nas negociações, seguindo sempre as ordens dos Estados Unidos.