Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Daniella Perez

Caso Daniella Perez: Após documentário, Guilherme de Pádua diz que vai se ausentar

O condenado pela morte de Daniella Perez publicou um vídeo na última quinta, 28

Redação Publicado em 29/07/2022, às 18h16 - Atualizado às 23h02

Guilherme de Pádua em vídeo publicado em seu canal do Youtube - Divulgação / Youtube / Guilherme de Padua
Guilherme de Pádua em vídeo publicado em seu canal do Youtube - Divulgação / Youtube / Guilherme de Padua

Novos episódios da minissérie ‘Pacto Brutal’, que detalha o episódio da morte da atriz Daniella Perez, foram divulgados pela HBOMAX na última quinta-feira, 28. Após a estreia, o culpado pela morte da jovem de 22 anos, o ex-colega de trabalho Guilherme de Pádua, veio a público divulgar uma decisão.

Ele revelou que se manterá calado diante das críticas e acusações sobre o crime que é retratado na produção. O ex-ator alegou que sua vida se transformou para o bem, e declarou: “Tenho que ser borboleta”.

Guilhermepublicou, em seu canal no Youtube, um vídeo falando sobre sua decisão: "Estou me ausentando, parando esse assunto. Eu creio que a fé que carrego vai me ajudar a melhorar como pessoa por dentro e até fazer alguma coisa por outros. Vou continuar nessa fé, não vou largar o caminho que estou seguindo".

Segundode Pádua, um pastor que o acompanha há mais de 20 anos o aconselhou na decisão. "Ele me disse: 'Filho, vá como ovelha muda ao matadouro, em alusão a uma passagem bíblica. E eu disse: 'Pastor, mas estão falando absurdos, alguma coisa eu tenho que fazer'”, desabafou ele.

Silêncio em resposta

Hoje, Guilherme é pastor e disse que o seu colega, o também pastor, o aconselhou a continuar na fé, já que ele não irá mudar a opinião das pessoas, afirmando que a fé cristã propõe uma transformação e que agora ele se “transformará em borboleta”, segundo o Notícias da TV.

"Minha reação natural é de me defender, qualquer um tem direito de resposta no mundo natural, mas eu não vivo mais no mundo natural. Todos os dias quando eu acordo eu me lembro que sou o Guilherme de Pádua, que tenho essa carga nas minhas costas, e toda manhã é uma luta”, desabafou.

No vídeo, o ex-ator também tentou se defender, dizendo que não está se fazendo de vítima, mas que também não é fácil voltar, depois de 30 anos, para a mídia. Eu cumpri mina pena, fiz tudo o que a Lei me exigiu. Estava levando uma vida digna, discreta. Aquilo que todo ex-presidiário deveria fazer", se defendeu ele. "Agradeço a todos que oraram e peço que continuem orando", pediu de Pádua.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.