Notícias » Mundo

Guinness: Turca de 24 anos é eleita mulher mais alta do mundo ainda viva

Rumeysa Gelgi tem 2,15 metros e sofre de condição genética rara

Penélope Coelho Publicado em 14/10/2021, às 07h44 - Atualizado às 09h12

Rumeysa Gelgi
Rumeysa Gelgi - Divulgação/ Guinness World Records

Na noite da última quarta-feira, 13, foi anunciado em comunicado pelo Guinness, o livro dos recordes, que a jovem de 24 anos, Rumeysa Gelgi, de origem turca, é a mulher mais alta do mundo ainda viva.

De acordo com o Guinness, Gelgi tem 2 metros e 15 centímetros de altura. No ano de 2014, ela já havia sido nomeada como a adolescente mais alta do mundo. Agora, a mulher foi reavaliada para concorrer na categoria de adultos.

Segundo informações publicadas pelo UOL, Rumeysa sofre de uma rara condição genética, a Síndrome de Weaver, que acelera seu crescimento e também pode causar anomalias neurológicas, crânio-faciais e nos membros.

Em decorrência da enfermidade, a jovem precisa de uma cadeira de rodas para se locomover. Em entrevista, a turca afirma que deseja usar a atenção que recebe com o título com objetivo de conscientizar a população mundial a respeito de condições médicas raras.

“Toda desvantagem pode se tornar uma vantagem, por isso se aceite como você é, tenha consciência do seu potencial e dê o seu melhor”, afirmou a mulher mais alta do mundo.