Notícias » Brasil

Há 10 anos, médico alertou sobre risco de desabamento de rocha em Capitólio

Tragédia que aconteceu no último sábado, 8, resultou em oito mortes, até o momento

Redação Publicado em 09/01/2022, às 13h19

Momento que a rocha desaba
Momento que a rocha desaba - Divulgação/Vídeo/Redes sociais

Após uma rocha desabar de um cânion em Capitólio, cidade turística de Minas Gerais, internautas se depararam com cenas de pânico no último sábado, 8.

Com o impacto do desabamento, quatro embarcações foram afetadas e, até o momento, oito mortes foram confirmadas.

Diante do episódio, muitos internautas se revoltaram com a situação. Uma publicação específica chamou atenção, contudo, não se trata de algo atual.

Há 10 anos, um médico alertou sobre a possibilidade de desabamento da rocha através de sua conta no Facebook.

Publicação resgatada pela Folha de S. Paulo /Crédito: Divulgação/Redes Sociais/Facebook

 

Conforme repercutido pela Folha de S. Paulo, Flávio Freitas, hoje com 52 anos, passou pela rocha no mês de março de 2012 e notou a fissura no cânion.

Ao se deparar com o cenário, publicou uma foto do cânion em seu perfil com a legenda: ‘ESSA PEDRA VAI CAIR...’.

Em entrevista ao veículo, ele disse que reconheceu o local. "Reconheci que era o mesmo local onde eu tinha tirado uma foto", explicou Freiras.

O médico explica que a diferença entre os vídeos que viralizaram e seu registro é a altura da água presente – maior naquele momento - e os ângulos.

Ele diz ter certeza de que se tratava de uma falha geológica.

Com certeza, era uma falha geológica que tinha o risco de queda iminente. Passaram quase dez anos para que acontecesse", ressalta Freitas.