Notícias » Estados Unidos

Há 10 anos, renomado cientista previu o caos de 2020 nos EUA

O ano tem sido difícil para os Estados Unidos que possuem recordes de mortes por Covid, alta taxa de desemprego e protestos como nunca antes vistos

Caio Tortamano Publicado em 16/06/2020, às 16h00

Professor Peter Turchin
Professor Peter Turchin - Divulgação

Em 2010, depois de uma análise crítica da instabilidade política nos Estados Unidos, o professor da Universidade do Connecticut, Peter Turchin, só conseguiu compreender uma coisa: 2020 seria um completo caos. Para ser mais preciso, Turchin afirmou que neste ano o país passaria por um grande período de agitação social.

Hoje em dia, o que se pode observar com os norte-americanos são 116 mil mortes por Covid-19 (uma doença que Peter não contava), recorde de desemprego e uma onda de protestos contra a brutalidade policial contra a população negra, que explodiu depois da morte de George Floyd por agentes policiais.

A previsão foi dada por uma análise que apontava que, de 50 em 50 anos, grandes episódios de distúrbio social agitavam o país, em 1870 durante a Era da Reconstrução no país recém saído da Guerra Civil, em 1920 reflexos da Grande Depressão econômica e por volta de 1970 após o assassinato de Martin Luther King Jr.

“Apesar de me sentir validado” disse Truchin, depois de ter sido tratado como louco quando fez a previsão com base em análises históricas, “eu sou americano apesar de tudo, e tenho que passar por esse momento tão delicado”.